Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Informações sobre os terceirizados
Início do conteúdo da página
Nota 07 progep

Expediente terceirizados

  • Acessos: 302

Considerando que a Universidade Federal Rural da Amazônia irá manter a suspensão das atividades acadêmicas e administrativas presenciais, conforme disposto na Portaria UFRA nº 485/2020,  informamos que, novamente, as empresas que prestam serviços terceirizados na instituição (apoio administrativo, segurança, manutenção externa, limpeza, refrigeração, etc.) serão notificadas, agora, sobre a dilatação do prazo de suspensão das atividades presenciais por tempo indeterminado, enquanto for mantido o estado de calamidade pública de que trata o Decreto Legislativo nº 6, de 2020.

É importante frisar que os contratos com essas empresas permanecem regularmente ativos, assim, devendo ser ajustadas a jornada e a forma de trabalho de acordo com sua essencialidade, necessidade e segurança de prevenção ao Coronavírus (COVID-19), de acordo com o orientado pela Portaria UFRA nº 485/2020.

Ressaltamos que os serviços públicos considerados essenciais estão regulamentados pelo Decreto Federal nº. 10.282/2020, assim, orientamos que os dirigentes das unidades administrativas e acadêmicas o utilize como diretriz para avaliar eventuais necessidades pontuais de serviços.

No caso de necessidade de retomada presencial ou alteração de logística de algum posto de trabalho, solicitamos que as Unidades Acadêmicas e Administrativas formalizem essa demanda por e-mail à Prefeitura de forma justificada (e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.) e quando se tratar de Terceirizados Administrativos que encaminhe à Seção de Serviços Terceirizados e Estágio (e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.) com antecedência mínima de 48 horas para a prestação do serviço.

A Prefeitura e SSTE consolidarão as demandas, darão o retorno às unidades demandantes e manterão o contato constante com a empresa terceirizada a fim de que esta provenha o posto de trabalho demandado, observando o seu protocolo interno de segurança durante este período pandêmico.

Fim do conteúdo da página